Análise: Jackie Chan’s Action Kung Fu (NES)

Game: Jackie Chan’s Action Kung Fu
Plataforma: NES
Gênero: Ação/Side-Scrolling
Ano: 1990
Produtora: Hudson Soft

Percebam as sombras ao fundo executando os famosos golpes "soco no sovaco" e "voadora rasante no joelho"

Percebam as sombras ao fundo executando os famosos golpes "chute no sovaco" e "voadora rasante no joelho"

Jackie Chan’s Action Kung Fu é mais um belo side scroll para o Nintendinho. Desnecessário informar que o protagonista é o próprio Jackie Chan, o famoso stuntman do cinema, no game ele tem a tarefa de resgatar sua irmã que foi raptada pelo arqui-inimigo do seu mestre.

141

A tela título com o avatar de MSN do Jackie

O game é um típico side scroll com plataformas, onde o cabeçudo Jackie usa suas habilidades para derrotar os diversos monstros e bichos estranhos que aparecem no caminho e no fim de cada estágio, um chefão.

Jackie pede uns trocados ao mestre antes de partir para sua aventura

Jackie pede uns trocados ao mestre antes de partir para sua aventura

Para essa tarefa, Jackie tem apenas 1 vida, mantida por 6 pontos de life, mas os 5 continues iniciais vão facilitar um pouco a sua vida. Pelo caminho, o herói vai encontrar sapos que liberam power-ups ou a famosa tijela de arroz, que repõe sua energia.

Um dos especiais do Jackie, o "roundhouse kick"

Um dos especiais do Jackie, o "roundhouse kick"

Os power-ups são golpes especiais limitados, que o jogador pode usar quando quiser, combinando o direcional para cima e o botão de ataque. Existem diferentes ataque especiais, mas apenas um pode ser estocado por vez, os seja, um novo poder irá substituir o anterior, mesmo que não tenha sido usado.

Jackie mandando roladinhas sobre a lava

Jackie mandando roladinhas sobre a lava

Os power-ups liberados pelos sapinhos são aleatórios, não dá para “adivinhar” o que ele vai cospir em cada encontro, alguns poderes são melhores que outros em certos estágios, o rolamento por exemplo, é bem útil na fase das plataformas flutuantes e na do vulcão.

Jackie ainda tem o poder de mandar uma espécie de HADOUKEN, também limitado, mas esse especial já vem de fábrica, são aquelas 5 bolinhas ali no canto inferior direito da tela. Basta pressionar o botão de ataque por alguns segundos para mandar um hadou, pode ser feito no ar também, é Super Effective contra alguns chefes.

Hadouken do Jackie, até a pose é idêntica

Hadouken do Jackie, até a pose é idêntica

Alguns inimigos comuns vão deixar uma bola verde quando derrotados, juntando 30 dessas, Jackie tem sua energia restaurada e também os 5 hadoukens. Se você morre, perde todas as bolas e tem que começar do zero.

Existem ainda algumas fases de bonus, onde você pode conseguir uns continues extras ou pontos de life. O acesso a esses estágios estão escondidos em alguma parte das fases, basta saltar em algum ponto invisível ou simplesmente caminhar por ele para que apareça uma espécie de sino.

O bonus stage da primeira fase é praticamente impossivel de perder

O bonus stage da primeira fase é praticamente impossível de perder

Ao tocar num desses sinos, o Jackie fica alucinado e é transportado com o Mestre em uma nuvem para um mundo paralelo e deve cumprir uma tarefa, uma delas é saltar sobre o maior número de nuvens sem cair. A tarefa soma pontos que são transformados em prêmios no final.

Quer tutorial? Interprete a imagem e tchau.

Quer tutorial? Interprete a imagem e tchau.

Em outras fases bonus, Jackie deve chutar peixes que saem de uma cachoeira ou bonecos de madeira que brotam do chão.

Esse game também foi lançado para o PC Engine, no ano seguinte, apresentando algumas diferenças, a principal delas é que, no PC Engine, é preciso juntar 100 bolas para recuperar a energia, mas alguns inimigos derrubam mais de 1 bola verde quando derrotados, além de ter mais inimigos e alguns inimigos exigirem mais de 1 golpe para morrer. O PC Engine também ganhou 2 novos sub-chefes, no 4º e 5º estágios.

Existe também uma versão hackeada bem engraçada, com a cabeça do Mario no personagem.

Gráficos star-color1star-color1star-color1star-color1star-grey3
OST star-color1star-color1star-grey3star-grey3star-grey3
Jogabilidade star-color1star-color1star-color1star-color1star-grey3
Gameplay star-color1star-color1star-color1star-color1star-color1
Diversão star-color1star-color1star-color1star-color1star-color1
Geral star-color1star-color1star-color1star-color1star-grey3

Sobre Matt
Em 2003 inventou de criar um fotolog de mini-resenhas de arcade (/pushstart) e acabou conhecendo um bando de problemáticos que gerou uma zine (OGZ), um blog de resnhas (FTW) e agora a fusão dos dois (OGZFTW).

4 Responses to Análise: Jackie Chan’s Action Kung Fu (NES)

  1. Max Carnage disse:

    Ótimo game! Joguei bastante esse e jogo até hoje. Só não sabia que ele tinha a tarefa de resgatar a minha irmã o_0 e eu nem tenho irmã o_0”
    (rs)

  2. Azrael_I disse:

    O único jogo realmente BOM do Jackie Chan é o Jackie Chan’s Stuntmaster de Playstation. Mas esse até que diverte um pouco.

  3. Knighter disse:

    Eu tinha a versao hackeada desse jogo pra nintendinho pirata fiquei q nem louco procurando a room

    • Matt disse:

      Aconteceu o mesmo comigo, eu tinha um cartucho sem caixa, era só o chip que eu lutava para fazer funcionar no meu Dynavision, era a versão japonesa desse game e o Jackie tinha roupa vermelha, por isso demorei séculos para encontrar a rom.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: