Análise: Akumajou Special: Boku Dracula-Kun (NES)

Game: Akumajou Special: Boku Dracula-Kun
Plataforma: NES
Gênero: Platform
Ano: 1990
Produtora: Konami

Se você estava procurando um jogo chamado Castlevania Kid, acabou de encontrar.

A tela-titulo convida você a apertar Start

A tela-título convida você a apertar Start

Boku Dracula-Kun – ou Castlevania Kid – é uma paródia da Konami ao próprio Castlevania, como você já deve ter deduzido antes. A diferença é que você joga com o vampiro, ao invés do caçador. O pequeno Dracula com penteado radical é acordado do seu sono eterno e já cai numa missão bizarra, derrotar um capeta espacial chamado Galamoth que acordou de mau humor e quer derrotar o pequeno vampiro.

A primeira fase parodia Castlevania, tem até o clássico pêndulo

A primeira fase parodia Castlevania, tem até o clássico pêndulo

Logo na primeira fase dá pra sacar que o jogo vai ser fácil e cheio de doidices. Os gráficos fofinhos e as musiquinhas engraçadinhas dão um tom “infantil” ao game, não que seja um ponto ruim, é até engraçado ouvir a versão remixada do primeiro estágio do Castlevania no game enquanto o baixinho corre pela fase atirando bolas de fogo em morcegos, Frankeinsteins (machos e fêmeas) e outras criaturas da noite.

O primeiro boss, um fantasma do KKK?

O primeiro boss, um fantasma do KKK?

Nosso pequeno herói ataca com bolas de fogo que podem ser carregadas para um tiro mais poderoso, matando inimigos genéricos com esse tiro carregado rende uma moeda para você juntar e usar nas fases de bonus no final de cada fase.

No final das 5 primeiras fases, o garoto vai ser presenteado com uma nova habilidade, que é selecionada com o esquecido botão Select e usada carregando o botão de tiro. A primeira habilidade recebida é o tiro teleguiado que sai em 5 direções, mais fraco mas ajuda em certas partes do game. O segundo tiro é uma espécie de bomba que causa um dano maior no local do impacto. O moleque ainda ganha um tiro gelado, que congela temporariamente os inimigos, também essencial para derrotar um chefe aí.

O segundo chefe é uma evil galinha, tiros teleguiados ajudam aqui.

O segundo chefe é uma evil galinha, tiros teleguiados ajudam aqui.

O vampiro ainda é presenteado com a habilidade de se transformar em morcego e voar por 5 segundos (ou até tocar em alguma parede ou inimigo) e por último a habilidade de caminhar de ponta-cabeça, obrigatório para passar de algumas partes nas fases finais.

tocou no espeto, é morte.

Megaman style: tocou no espeto, é morte.

Você inicia com 3 corações de life, durante as fases sempre tem um item de slot extra para aumentar esse limite até 5, se você leva um game-over, voltará com 3 corações. Para evitar isso, as fases de bonus servem para te encher de vidas extras, mas como o jogo é todo em japonês, fica difícil compreender o que acontece nos bonus, é contar com a sorte mesmo.

Tente adivinhar a cor da caçola e ganhe vidas

Tente adivinhar a cor da caçola e ganhe vidas

Sua vida vai se complicar no final do estágio da cidade, onde o chefe é a Estátua da Liberdade, e para prosseguir, você deve vencer um quiz – como num programa de televisão – contra o fantasminha KKK e a galinha louca, eu usei a tática do save state no emulador para passar, olhando a resposta e voltando o state salvo antes da pergunta para responder com precisão.

O famigerado quiz

O famigerado quiz

O confronto final será no espaço, onde você encontrará dois mini bosses chatinhos e o big boss final, um bicho verde voador que só é atingido quando abre a boca, então não se desespere se suas armas não fazem efeito, espere ele abrir a boca e mande o tiro bomba na cara dele.

é mais fácil do que parece

é mais fácil do que parece

Mais tarde, o Game Boy ganhou uma versão americana desse game, chamada Kid Dracula. O vampirinho também participa de um game da série Parodius, Gokujou Parodius, em sua versão morceguinho sapeca.

Gráficos: star-color23star-color23star-color23star-color23star-grey22
OST: star-color23star-color23star-color23star-color23star-grey22
Jogabilidade: star-color23star-color23star-color23star-color23star-grey22
Gameplay: star-color23star-color23star-color23star-color23star-grey22
Diversão: star-color23star-color23star-color23star-color23star-color23
Geral: star-color3star-color3star-color3star-color3star-half

Anúncios

Sobre Matt
Em 2003 inventou de criar um fotolog de mini-resenhas de arcade (/pushstart) e acabou conhecendo um bando de problemáticos que gerou uma zine (OGZ), um blog de resnhas (FTW) e agora a fusão dos dois (OGZFTW).

8 Responses to Análise: Akumajou Special: Boku Dracula-Kun (NES)

  1. Max Carnage says:

    Me amarrei demais nesse game :D

  2. VIDEL says:

    Nossa, parece fodinha.. vou procurar depois nas minhas roms de nes! :]

  3. Raphael Belmont says:

    Musiquinhas rox, a desse jogo! Especialmente a da primeira fase, uma versão “fofa” do primeiro nivel de Castlevania 3.

    Só um adendo: o boneco do jogo é o Alucard, não o Dracula.

    =Dd

  4. Lui says:

    vou procurar com certeza!

  5. Julianobscure says:

    O Jogo é um dos melhores que joguei no NES na minha infância, lembro que eu tinha o cartucho japonês e terminei esse jogo aí na raça. Eram bem chatinho mesmo a parte do quiz, mas o jogo é muito bom e diverte muito.

    =D

  6. 9voltclub says:

    Na verdade ele é um SD do ALucard. Na versão do Game Boy aparece o Papai vampiro em um cenario.

    Galamoth aparece no Synphony of the Night

  7. Matt says:

    Tudo bem, é Alucard. Eu só disse que era o Dracula porque tá no título do game…

  8. Alyson says:

    Alguém consegue um rom deste jogo que marcou minha história. Mas se possível for um que não esteja com defeito, pois baixei um na net, mas o grafico vem com falhas. Obrigado!!!

    Ass:Alyson

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: