Análise: Alex Kidd in the Enchanted Castle (Mega Drive)

Game: Alex Kidd in the Enchanted Castle
Plataforma: Mega Drive
Gênero: Plataforma
Ano: 1989
Produtora: SEGA (aquela que não vê)

Eis o quinto jogo do Alex Kidd, e o primeiro (e único) na plataforma 16 bits. “Alex Kidd no Castelo Encantado”.

alexkiddenchantedcastle1

A encrenca dessa vez é que Alex descobre que seu pai desaparecido, o Rei Thor, ainda está vivo no planeta Paperrock. O menino orelhudo resolve então viajar em busca do seu progenitor.

alexkid-enchantedcastle-cover1

Tela título non sense, com um árabe aleatório e o Pai-Mei

O jogo é um plataform tradicional, com obstáculos e inimigos que podem ser dizimados com socos e pontapés, cada inimigo destruído se transforma em moedas de ouro para o capitalista do Alex gastar com supérfluos nas lojinhas inflacionadas do planeta Paperrock.

Alguns veículos estão disponíveis para o Alex em casas de Janken-pô, os troços podem ser vencidos em disputas de pedra, papel, tesoura, contra monstros aleatórios. Alex pode faturar uma motocicleta, helicóptero, pula-pula e a famosa vareta do mago que faz ele flutuar pela fase. Objetos conhecidos de quem jogou outros games da série, principalmente o Miracle World.

alexkidd_rps1

Alex tenta ganhar um anel no Janken-po

Uma curiosidade aqui é que na versão japonesa, quem sai derrotado no janken-po tem suas roupas deletadas, deixando o monstro ou o próprio Alex peladões, com uma folhinha cobrindo suas “partes baixas”… na versão ocidental, um enorme peso cai em cima do perdedor, numa cena humorística dígna dos desenhos da turma do Pernalonga.

fotoalexkiddintheenchantedcastleconsolavirtual

Ela está de volta... agora com 500cc

Um grande problema que afeta a jogabilidade é que o piso das fases parece ser feito de sabão e quiabo, Alex desliza mais que o Luigi no game, parece mais estar patinando do que caminhando, o que facilita o óbito prematuro do menino-videl. São apenas 11 estágios no melhor estilo “tocou no inimigo, morreu” de dificuldade, algumas passagens secretas estão escondidas por algumas fases.

Alex no Enchanted Castelo voltou na coletânea Sega Mega Drive Collection para o PlayStation 2 e PSP, e em 2007 foi disponibilizado para o Wii Virtual Console e depois em Sonic’s Ultimate Genesis Collection / Sega Mega Drive Ultimate Collection, para o Xbox 360 e PS3.

Gráficos: star-color23star-color23star-grey22star-grey22star-grey22
OST: star-color23star-color23star-grey22star-grey22star-grey22
Jogabilidade: star-color23star-grey22star-grey22star-grey22star-grey22
Gameplay: star-color23star-grey22star-grey22star-grey22star-grey22
Diversão: star-halfstar-grey22star-grey22star-grey22star-grey22
Geral: star-color23star-halfstar-grey22star-grey22star-grey22

Anúncios

Sobre Matt
Em 2003 inventou de criar um fotolog de mini-resenhas de arcade (/pushstart) e acabou conhecendo um bando de problemáticos que gerou uma zine (OGZ), um blog de resnhas (FTW) e agora a fusão dos dois (OGZFTW).

17 Responses to Análise: Alex Kidd in the Enchanted Castle (Mega Drive)

  1. Nesbitt says:

    E então……o jogo é bom ou bagaça?

  2. Matt says:

    cabe a você decidir, jovem

  3. Pugna says:

    Até hoje apenas joguei o do MS e do MD, pelas resenhas apresentadas pelo Alex, digo Videl, continuo achando que o melhor é o do MS msm.

    Miracle World Win!

  4. Nesbitt says:

    Jovem do tempo do atari heheheh.

  5. Marco says:

    nossa, e tinha mais um Alex Kidd pra resenhar?

    achei q ja tinha acabado

  6. Nesbitt says:

    Falta a versão do Alex Kidd and the Lost Stars para arcade…se não me falha a memória.

  7. brunocarreirao says:

    O Lost Stars do arcade é a msm merda do Master aahahaha

    E pô Matt, esse Alex Kidd é bom!
    Esculaxou nas estrelinhas hahahhah

  8. Nesbitt says:

    Bem….mesma merda mas na concepção gráfica é melhorzim óbviamente.

  9. JT says:

    Engraçado que, quando eu alugava, terminava isso num fim de semana VÁRIAS vezes…
    Hoje, nem com save-states, eu mal passo da fase da água…
    O jogo é legalzinho, boas músicas, mas sempre vai ter aquele feeling de que poderia ser bem melhor…

  10. Nesbitt says:

    JT levantou uma séria questão, muitos jogos de NES eu era hiper viciado, jogava, aprendia, terminava. Hoje tento jogar alguns jogos antigos que eu era muito bom e fico surpreso por não passar de fases que para eu eram fáceis!!!

    Tentei jogar Megaman2 que eu terminava tranquilamente……e não consigo mais! huahaahuauhau

  11. Wolverine says:

    Esses são todos? eu tenho imagens na minha cabeça de um alex kid que não foi postado….. volto a teoria do leite com alucinógenos.

  12. colimar says:

    Eu que ia escrever essa

  13. VIDEL says:

    Se ele(eu) vai atrás do pai, pq diabos ele sai pegando bolinhos de arroz no fim da fase????

    Ps: perdeu colimar :P

    Realmente, esse é um dos tres melhores alex kidd!
    só perde pro ninja e o miracle!

  14. Raphael Belmont says:

    Esse era legal. Não joguei na época, mas de vez em quando gosto de pegar pra jogar no emulador. Porra, tinha até a musiquinha!

    Pena que não fez sucesso, e a franquia terminou aí. Tudo culpa da má impressão causada pelo jogo anterior, Lost Stars, que além de ter sido um fracasso total ainda transformava os jogadores em viados.

  15. Max Carnage says:

    Essa capa é que ta linda. Ele não se parece aí nem com um coala nem com o videl nem mesmo com ele próprio

  16. Pingback: O Melhor do Mega Drive – Plataforma « Old Games Zine

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: