Clássicos até o Fim: Phantasy Star IV (8)

pstar4 header

Postado por Jack T (JT)

IGGLANOVA ataca novamente! Agora ele é visto saindo da entrada do Vale do Capitão Nascimento.

o povo de Zema não tem sossego mesmo

o povo de Zema não tem sossego mesmo

A batalha é simples, idêntica à primeira, basta ir tomando conta dos ajudantes e concentrar os ataques mais fortes de Alys e Chaz no Igglanova.
Alys elogia o desempenho de seu pupilo e o povo dali acha que é alguma maldição por eles terem violado o Capitão Nascim…digo, Vale do Nascimento.
Hahn fica preocupado se o Professor Holt ainda está lá dentro. Alys concorda em ajudá-lo por 1000 mesetinhas ^^ !

Alys, sempre deixando Hahn mais pobre

Alys, sempre deixando Hahn mais pobre

A caverna é a mesma coisa, mas, ao chegar ao final, vemos dois corpos caídos. Um deles diz que o Professor Holt foi até as profundezas do Vale do Nascimento e que pode ser tarde até acharmos ele…

Hahn fica preocupado e o grupo decide entrar.

A Bio Fábrica

Ao passar pela porta, notei que o chão de terra acabou e o ambiente mudou completamente, parece uma base tecnológica construída no subterrâneo.
Um bip é acionado: ao verificar o painel na parede, descubro que se trata de uma espécie de esterilização.
Estamos na Bio Fábrica, um centro tecnológico, anos na frente de qualquer coisa naquele planeta.
Quem construiu isso e pra quê ? O que vamos encontrar no final disso ? Por onde anda o Professor Holt ? Where’s Wally ?

Continuando pela Bio Fábrica, alguns inimigos me dão certo trabalho.
Nos corredores acabei avançando nível com o Chaz e aprendi a técnica RYUKA, que me permite viajar à todas as cidades já visitadas por um pouco de MP.
A Bio Fábrica é cheia de labirintos, alguns levam à itens, outros à nada.
À oeste dá pra achar uma boa coroa pra Alys, mas só isso mesmo.
Um irmão distante de Igglanova aparece pra me dar as boas vindas, um tal de GUILGENOVA.

apresentando o Vórtice à família de Igglanova

apresentando o Vórtice à família de Igglanova

É mais durão e solta uns inimigos azuis que podem lhe dar dor de cabeça: tenha sempre antídotos, eles tem uma péssima mania de envenenar os convidados.
Descubro da pior maneira que caminho certo é pelo elevador do BLOCO CENTRAL, à direita.

Quase morto, chego até um corredor onde tá lotado daqueles vidros que encontrei na Universidade, com monstros dentro.
Passando pela porta, chego numa espécie de passarela, onde dá pra ver mais coisas lá embaixo.
Ali acho uma espada ótima pro Chaz, que aumenta em uns 20 pontos sua força de ataque.

Professor Holt, Rika e Seed

Enfim, encontro o Professor Holt, que parecia me esperar no final do corredor.
Me pergunto como esse velhote chegou até ali sem morrer, sem espada, sem item nem magias ?
Eu todo armado, munido de itens passei sufoco, imagina ele…

Bom, deixando de lado isso, todos ficam contentes por terem achado o Professor e curiosamente perguntam como ele se safou dali e veio parar nas profundezas do Vale do Nascimento.
Nesse momento é INTRODUZIDA Rika na história.
Ela salvou e ajudou o Professor.
Alys, talvez meio enciumada de ter mais uma mulher ali presente, já vai logo perguntando quem é ela, o que é esse lugar e O QUE SÃO ESSAS ORELHAS.

Phantasy Star 4 - The End of the Millenium (PORTUGUES)_061
Rika responde tudo calmamente: ela explica que o lugar é a Biofábrica, um lugar construído há muito tempo por uma civilização milenar.
Ainda explica que existem outros locais como esse pelo planeta, eles são responsáveis por controlar o clima e o solo do planeta.
Tal tecnologia foi responsável para salvar os humanos após o Grande Colapso.
Holt pergunta o porquê de tanta destruição ambiental nos dias de hoje.
Rika responde que essa tecnologia apenas mantém um nível considerável de sobrevivência, mas está perdendo o controle atualmente e o aumento de monstros no planeta é a consequência disso.
Rika então nos pede para falarmos com um tal de Seed e nos encaminha à uma sala.

Phantasy Star 4 - The End of the Millenium (PORTUGUES)_062Seed é uma inteligência artificial, um supercomputador que controla a Bio Fábrica.
Todos ficam espantados por tal coisa existir debaixo dos seus narizes, mas Seed continua sua explicação.
O aumento de monstros é apenas a primeira de muitas coisas que podem acontecer ao planeta devido à esse descontrole.
Além disso, as condições climáticas serão drasticamente modificadas que poderão levar Motavia à destruição.
Alys sugere então parar o sistema, o que é acatado por todos como sendo a melhor opção no momento.
Como são muitos essas “Bio Fábricas” espalhadas pelo planeta, Rika diz que é melhor irmos desativar um tal de NURVUS, que é o responsável por enviar energia à essas centrais.
Desativando Nurvus, o resto vai parar automaticamente.
Seed pede ainda pra gente ir SALVAR Demi, uma andróide que deve manjar muito dessas coisas de Bio Fábricas e que pode desativar Nurvus.
MÃÃSS, como eu disse, ele pediu pra SALVAR Demi, pois o maldito do Zio mantém ela presa em seu castelo.
Sim, é aquele castelão, perto de Mile, na areia movediça.

esse mesmo Chaz :D

esse mesmo Chaz :D

Seed pede para levarmos Rika conosco. Alys se espanta, dizendo que nem sabe quem ela é…mulheres.
Seed explica que ela é sua filha (*espanto de todos)!
Continuando, explica que ela é resultado de uma série de aperfeiçoamentos em genética que duraram mil anos.
Depois disso, acho que ela deve ser de ótima ajuda :D !
Rika fica extasiada ao saber que, finalmente, vai conhecer o mundo exterior.
Seed, depois que todos saem, ainda diz:

“Só há um meio de parar esses monstros…agora que eu enviei um fruto de mil anos de pesquisa, nada mais pode impedir sua execução.”

Sinistro!
Ao que todos saem, Rika se vê em um novo mundo, cheio de novidades.
Enquanto todos contemplam sua alegria, uma explosão acontece: Seed se autodestrói.
Rika se entristece, mas Alys a encoraja a seguir em sua missão.

Rika contente por ver pela primeira vez a liberdade

Rika contente por ver pela primeira vez a liberdade

e Seed diz adeus...

e Seed diz adeus...

Então, no próximo capítulo, o Forte de Zio.

6 Responses to Clássicos até o Fim: Phantasy Star IV (8)

  1. diegobatera disse:

    Rika é a gata-andròide mais gata dos 16 bits =~

    e alys, puta mercenária aheauehauiehae

    excelente trabalho, Cosmoman! Teus detonados rulam =D ainda faço um aqui!

  2. rauljusto disse:

    JT belo trabalho! É óbio que esse projeto é a longo prazo, mas ele é supimpa juntamente com o jogo.

    • JT disse:

      Obrigado Raul, o projeto é a longo prazo mesmo, até pq ficaria complicado por um detonado COMPLETA num único post aqui no blog, pessoal teria que ler MUITA coisa, fora o trabalho pra formatar tudo, colocar as imagens, etc…

      Então, optei por essa forma de diário, como fazem no Gagá Games.

      Espero que estejam curtindo mesmo, eu to adorando fazer isso.

      Hj à noite tem a parte 9 \o/ !

  3. Azrael_I disse:

    Ah, a Rika é baseada na Mieu, de Phantasy Star 3… que, aliás, é uma das poucas coisas que presta nesse jogo.

  4. Azrael_I disse:

    Não JT, eu AMO Phantasy Star 4… o problema é o Phantasy Star 3.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: