Metal Gear Solid: Peace Walker

E finalmente saiu pro resto do mundo a demonstração do próximo da série. Metal Gear Solid ainda tem muito fogo pra mandar e mesmo reduzido no PSP não nega sua história.
Após os ventos de Snake Eater e Portable Ops, Big Boss sumiu do mapa e mantém os Militaires Sans Frontières (Militares Sem Fronteiras) em algum canto perdido da Colômbia. O primeiro vídeo mostra ele chegando lá e tem vários soldados numa praia (provavelmente os que foram capturados em Portable Ops e mudaram de lado) treinando movimentos de CQC. O comandante deles pergunta se tu quer rever os comandos; caso sim, começa um pequeno tutorial onde se mostram os novos comandos do jogo. Diferente de Portable Ops, que já tinha uma ótima jogabilidade, agora os controles parecem ter sido inventados do zero, mais baseados em Metal gear Solid 4 do que no 3 como no jogo anterior. Dentre as duas configurações, Shooter e Action (que é o mesmo de antes). Joguei com a Shooter que pode assustar muita gente e faz o tutorial altamente necessário. O direcional analógico controla o personagem, os botões aqui do outro lado mexem a câmera; R ataca/atira, L entra no modo de mira. No direcional digital, para cima é ação (recarregar, abrir, usar armas montadas); para esquerda e direita são respectivamente o menu de equipamentos e armas, aperte uma vez para equipar/guardar as que estiverem selecionadas e mantenha pressionado para abrir o menu, onde pode se equipar ou descartar itens. Aperte uma vez para baixo e aí se abaixa, podendo caminhar assim. Pressione para deitar no chão como de costume, mas aqui não tem como se mover quando estiver desse jeito. Volta também o marcador de porcentagem de camuflagem mas não o modo de escolher como se vestir/pintar, no começo de cada missão se escolhe uma das roupas disponíveis que de certa forma influenciam na camuflagem pela sua cor e pela quantidade de barulho que faz ao caminhar, mas também muda aquela história de quanto elas aguentam de porrada e muda também o equipamento que se carrega. A roupa original, por exemplo, vem com aquela pistola de tranquilizantes silenciada, já sair sem camisa vem com a pistola comum sem silenciador, mas de brinde vem com o RPG. Tem também duas versões do Sneaking Suite, uma comum e a outra vem com um escudo tipo tropa de choque mas é muito lento e faz muito barulho. Também volta o sistema de detecção de som de Portable Ops e como novidade tem que a caixa de papelão pode ser usada tanto pra se esconder quanto pra usar como apoio pra subir em lugares altos, basta descartá-la.

Ao se completar a primeira missão o jogo dá esse wallpaper de PSP exclusivo com suas estatísticas

Volta também o esquema de nocautear/matar inimigos e vasculhar seus bolsos por itens. Aqui também os comandos
mudaram: agora é preciso abaixar e pressionar o botão de ação. Até onde consegui ver não dá mais pra carregar os inimigos e escondê-los para não dar na vista, o que tem mesmo é um balão que se prega nos inimigos e de repente um helicóptero leva eles embora (!) mais ou menos como naquela cena do Batman que ele entra no prédio lá na China, pega o cara e aí um avião passa e faz o reboque. Ao final das missões aparece uma contagem de inimigos capturados mas não vi nada além disso, talvez na versão final eles virem aliados, talvez não, na verdade eu preciso é jogar de novo pra descobrir e não dar informações pela metade ¬¬.

Quando Snake não está com uma arma em punho, o botão de ataque dá aquela sequencia de socos e agarra os inimigos, mas se tu pressionar o botão de mira ele usa um bastão que dá choques e derruba os inimigos se usar toda sua carga que leva alguns segundos para carregar de volta. Enquanto isso, nada que uns arremessos não dêem conta. Agora tem um sistema novo que deixa as lutas mais legais de se ver, onde dá pra jogar um inimigo e aí se apertar de novo o R e uma direção na hora que o ícone aparecer o Snake já emenda um outro arremesso no outro inimigo (se ele estiver ao alcance), e assim por diante até que nenhum esteja mais em pé. Não sei se foi impressão minha, mas o arremesso comum tá praticamente o mesmo que bater a cabeça do cara contra uma parede de concreto maciço de tão violento que ficou. Já falei também que esse jogo não tem pause?

Uma outra novidade aqui é o modo cooperativo. Antes de começar uma missão se escolhe pelo modo solo ou co-op, onde se conecta por wi-fi e aí vai mais de um Snake na missão. Nessa mesma tela tem uns marcadores onde acredito que mostra a quantidade de jogadores que pode ir em certa missão, sendo assim algumas podem ir até 4 e em algumas só 2. É legal disso que vira mesmo um jogo onde todos se ajudam, um avança e os outros ficam de olho, dão cobertura e também aparecem comandos pra fazer aquelas ondas de formações e andarem todos em fila, sendo que o líder vai guiando e os seguidores podem mirar e atirar livremente já que o boneco vai seguir o caminho que o outro tá fazendo na frente.


Já na parte técnica, não daria pra esperar menos. Hideo Kojima tá cuidando pessoalmente dessa versão, então a atenção nos pequenos e grandes detalhes é a mesma. Os gráficos estão uma beleza, além de muito bem feitos temgrandes variações de coisas na tela, como a chuva do filme inicial, monstanhas lá no horizonte e plantas de váriostipos pelo chão. Diferente de Metal Gear Solid 3, elas não se destacam por serem itens de cura, são elementos vivos do cenário. O tempo todo tem na tela um filtro que deixa alguns detalhes meio borrados e meio brilhosos, dão aquela sensação da luz do Sol passando por fumaça ou neblina mas estão em toda parte (as primeiras missões são numa área de montanhas). Snake/Big Boss mostra uma cara mais velha e abatida e os cenários mantém o padrão militar do passado que já vimos no Solid 3. Tirando uma coisa ou outro que ainda pode ser melhorada, não fica nenhuma reclamação.

Uma coisa que me surpreendeu foi que na luta contra o chefe as explosões de fato destroem os lugares que o jogador vai escolher pra se esconder, tem lá umas placas, madeiras empilhadas e até mesmo as paredes de uma garagem de tanques viram poeira depois de algumas explosões e deixam o jogador com as calças na mão. Isso tinha acontecido no Metal Gear Solid 2, em especial na primeira luta contra aquela mulher que tem a arma de choques que destrói o cenário todo e mostra que não são só coisas ocas que compõem a cena. Tinha também aquela parte onde tinha tipo uma sala de espera que os tiros faziam voar revistas, plantas, abóboras, caixas, os tiros passavam por sacos de farinha e deixavam rastros, tudo no PS2 e me espantei ao ver isso no PSP. Nas cutscenes do começo, a primeira é mostrada com os gráficos do jogo (a tradição da série) e depois do tutorial, quando se começa a história mesmo, começa tudo a passar como se fosse o Metal Gear Solid Graphic Novel, aquela mesma arte com pequenos detalhes animados e controle de zoom e pan pra analisar mais a fundo a cena que se passa. Todo dublado com vozes pra todo lado, inclusive nas conversas por rádio seja do Snake seja dos inimigos.

Fechando a história, Essa versão demo mostra que podemos esperar, como sempre, por mais um grande jogo pela frente. Segundo a descrição que aparece, essas missões foram feitas para essa versão demo então existe uma chance de vermos coisas bem diferentes, como exemplo deu pra ver no mapa que as áreas tem mais de uma saída e aqui só tinham uma disponível e também outras roupas e, muito esperado por mim particularmente, uma nova chance de dar uma volta pela floresta com o Stealth no melhor estilo Predador. Aos que já jogaram a versão japonesa, vale baixar a americana por ter uma missão a mais, neste caso uma luta contra um chefe. Esta versão também traz o cooperativo em toda sua funcionalidade, então nada de esperar mais, baixe agora mesmo. O jogo completo será lançado em 18 de Março no Japão, 25 de Maio nos EUA e 27 de Maio na Europa.

5 Responses to Metal Gear Solid: Peace Walker

  1. 9voltclub disse:

    metal gia, fa tempo q nao jogo … ; (

  2. Raphael Belmont disse:

    METAL ENGRENAGEM PAZ ANDADOR

  3. Cpt.Guapo disse:

    Huahuahuahua! Traduções Tenebrosas, por Raphael Belmont…

  4. Pingback: Old Games Zine

  5. Matheus disse:

    Caras, eu queria saber onde eu posso baixar o Metal Gear Solid: Portable Ops e o Metal Gear Solid: Peace Walker, eu já estou a muito tempo procurando e não achei, os links foram deletados ou é vírus. Por favor, se alguém aí souber onde ou o que é preciso para baixa-los, me contata.
    E-mail e msn: mmp_blm@hotmail.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: