Clássicos até o Fim: Alundra [2]

A região fora de Inoa é bastante vasta. Não existe um mapa mundi, como em alguns RPGs. Tudo é feito a pé e, sinceramente, sinto falta de jogos assim. Em território livre, alguns monstros já dão a cara. São simples gosmas, mas que naturalmente são o bastante para atrapalhar o caminho. Alundra pode destruir folhagens e erguer pequenos blocos, eu já mencionei isso? Nessas folhagens ou blocos, muitas vezes são encontrados dinheiro ou energia, o que salva nossa pele em diversas ocasiões.
Bom, o caminho é bastante simples. O local fica logo ABAIXO de Inoa, bastando dar a volta no mapa. Já na entrada sou recebido por alguns macacos com garras semelhantes à do Wolverine.

Leia mais deste post

Anúncios

Clássicos até o Fim: Alundra [1]

Já faz um tempinho que penso em escrever algo sobre esse jogo. Mas não queria ficar numa simples análise superficial, porque tal jogo merece algo grandioso. Na verdade, só não o fiz ainda por questões de tempo, mas agora, nas férias, aproveitei pra dar o pontapé inicial nessa jornada única.
Alguns devem conhecer Alundra. Outros só devem saber por nome, já que o jogo é bastante comparado à Zelda, chegando alguns a dizer o pecado dele ser apenas um clone mal feito. Engana-se redondamente quem pensa dessa forma…
Claro, os dois jogos tem defeitos, tem qualidades e ninguém vai ficar comparando um com o outro. Só que Alundra sempre foi subestimado pela maioria do público, justamente por ter um estilo que lembra muito os grandes jogos da série Zelda.
Mas chega de blá blá blá, agora que já sabem que jogo vamos destrinchar, é hora de começar mais um Clássicos até o Fim!!!

Leia mais deste post

Análise: Demon’s Crest (SNES)

GAME: Demon’s Crest
ANO: 1994
PRODUTORA: CAPCOM
ESTILO: Ação/Aventura
PLATAFORMA: Super Nintendo (SNES)
PLAYERS: 1 jogador
PASSWORD: sim

Não se assuste com a capa. Esse demônio com a cara de snoopdog é o heroizinho do game, os vilões são um pouquinho mais feios! Tinha bastante tempo que queria resenhar esse game, um dos meus favoritos do SNES, agora criei coragem, então vamos lá.

Leia mais deste post

Análise: Scribblenauts (NDS)

GAME:  SCRIBBLENAUTS
ANO: 2009
PLATAFORMA: NINTENDO DS
GENERO:  PUZZLE / ACTION

Scribblenauts é simplesmente o jogo mais inovador que vejo à muito tempo, e o melhor de tudo, ele consegue ser divertido.

Tá certo que o jogo é do ano passado, e a euforia dele já deu uma bela caida, mas esse é um dos jogos casuais que mais perdi meu tempo jogando. Disse perdi meu tempo? na verdade eu prefiro dizer que me entreti com esse game.

Leia mais deste post

VIDEO-DETONADO: Ducktales 2 (NES) – Parte Final

Aqui termina nossa aventura… com um confronto meio, digamos… bizarro!

Agradeço a todos que acompanharam, comentaram e  elogiaram o detonado! Até a próxima aventura!

VIDEO-DETONADO: Ducktales 2 (NES) – Parte 6 – Scotland (again?)

Habitantes de Patópolis, estamos nos aproximando do fim da nossa aventura. Nesse penúltimo video, Patinhas volta na Escócia para resolver uma treta pendente com o tal mago, que dessa vez encarna o Haohmaru e o Raiden, must see.

VIDEO-DETONADO: Ducktales 2 (NES) – Parte 5 e 1/2

Uma surpresa nos aguarda nesse video… uma fase secreta!

A fase secreta – basement – aparece assim que completamos os 7 pedaços do mapa, nesse video-detonado, o Pato maldito viaja à Escócia para pegar o último tesouro, mas no meio do caminho encontra o último pedaço do mapa e é logo transportado para o novo estágio, terei que desbravar o castelo da Escócia em outro vídeo.

A fase secreta tem vários caminhos para chegar ao boss, a diferença é a quantidade de tesouros que pode-se achar em cada um deles, mas o destino final é o mesmo, um chefe chatinho que te transforma em sapo. No vídeo vou mostrar o caminho mais fácil. Enjoy!

Quase no final! QUACK!