Boletim especial – The Belmont’s portable curse

Pra começar, gostaria de dizer que nunca na história da minha vida eu senti tanta raiva, ódio, rancor e vontade de matar alguém. Eu tô com o coração transbordando de fúria. Tem quase dois dias que eu não durmo direito, pensando no que aconteceu e do quanto isso me deixa inconformado.

A questão é essa: meu Nintendo DS está fudido. FUDIDO. E não tem nem 3 meses de vida.

Entretanto, ese acontecimento nefasto me lembrou de um fato assaz perturbador desta minha vida sem propósito: essa não foi a primeira vez que isso aconteceu comigo. Durante a minha vida toda eu tive portáteis, mas nunca consegui manter nenhum por muito tempo. Sempre dava alguma merda, acontecia algum cataclisma ou eles simplesmente paravam de funcionar, do nada. Depois de hoje, eu tenho certeza: nada disso é normal. Existe uma força maior conspirando contra mim e meus pequenos video-jogos.

Hoje eu dividirei com vocês minha trágica história com CONSOLES PORTÁTEIS.


Leia mais deste post

Anúncios

WTF Análise: REIROM 2 – The Armageddon

Game: REIROM 2 – The Armageddon

Plataforma: PC

Gênero: Arte transcendental

Ano: 1999

Produtora: Fermacaco Inc.

reiromgame2

A capa do jogo: Um primor.

Cá estou eu, depois de muito tempo sem escrever. Eu estava com preguiça pra caralho de férias nas Ilhas Galáctas, e por isso sumi por um longo tempo deste noblário Blog. Sentiram falta do seu BitBoy favorito? É, eu sei que não.

E eu voltei em grande estilo. Hoje seus olhos testemunharão a beleza, a profundidade e a poesia que só uma verdadeira obra de arte consegue proporcionar. Seus corações baterão mais forte e seus olhos se encherão de lágrimas. A emoção tomará conta de você.

Contemplem mais um jogo dedicado à ele, o santo protetor deste site e patrono da emulação brasileira: REIROM.

Leia mais deste post

Análise: Indiana Jones And The Last Crusade (NES)

Game: Indiana Jones and The Last Crusade
Plataforma: NES
Gênero: Plataforma/Filho da puta
Ano: 1993
Produtora: Ubisoft

Tan taran taaaaan... tan taraaaaaan...

Tan taran taaaaan... tan taraaaaaan...

Em primeiro lugar, gostaria de dizer que sou muito fã de Indiana Jones. Tenho todos os filmes em DVD, era o primeiro da fila na pré-estréia do quarto filme, ficava acordado até tarde pra ver o seriado “O Jovem Indiana Jones” na globo escondido dos meus pais e vou até fazer cosplay dele um dia.

Mas eu não tenho só lembranças boas do arqueólogo maravilha. Em nome da minha adoração pelo meu herói, já encarei muito, mas MUITO jogo ruim levando o nome “Indiana Jones” no título. Alguns deles piores do que outros. Aliás, “ruim” e “Pior” não são adjetivos dignos de tais games. “IEJTHWADUHWAEA” é mais adequado.

Leia mais deste post

WTF Análise: Alex Kidd and the Lost Stars (Master System)

Game: Alex Kidd and the Lost Stars
Plataforma: Master System
Gênero: Viadagem
Ano: Quem se importa?
Produtora: Sega (sob a forte influência do lado rosa da Força)

Sentiu o drama?

Sentiu o drama?

E aí, sentiram minha falta? Aposto que não. Aposto que nem lembram quem sou eu. E também aposto que desconhecem a força da minha ira por este jogo. É com muita relutância e rancor do coração que apresento a vocês o capítulo mais homossexual da história da sega: Alex Kidd and The Lost Stars.

Pulando como uma gazela na tela de abertura.

Pulando como uma gazela na tela de abertura.

Leia mais deste post

Análise: Star Wars – Rogue Squadron (Nintendo 64)

Game: Star Wars – Rogue Squadron
Plataforma: Nintendo 64/PC
Gênero: Navinha
Ano: 1998
Produtora: Lucasarts

star-wars-rogue-squadron-79809536578

Guerra nas Estrelas, ou se você preferir, Star Wars, é a franquia mais rentável do cinema, quiçá do mundo. Sendo encontrados para todo tipo de console e em todos os estilos possíveis (até joguinhos pra colorir tem), de tempos em tempos o tio George Lucas enche mais o cu o bolso de dinheiro às minhas custas, já que eu sou um fã hardcore da saga e compro tudo quanto é game com a marca. Já peguei muita, mais muita tranqueira, mas a cada jogo bom que saía eu me sentia como se fosse compensado pelo dinheiro mal gasto antes.

Da época do episódio 1 pra frente (já faz 10 anos, passou rápido!), nunca saíram tantos jogos da franquia com tanta freqüência. Uns ruins, outros bons, e outros tão DO CARALHO que se tornaram clássicos. Hoje vou falar sobre o melhor deles para os consoles da quinta geração, ROGUE SQUADRON.

Leia mais deste post

WTF Análise: Megaman VS. Reirom

Game: Megaman VS. Reirom
Plataforma: Pc
Gênero: Drogas Plataforma
Ano: 1999
Produtora: Jacu Soft

Aperte enter, gente boa.

Aperte enter, gente boa.

Numa época em que a emulação e tradução de roms despontavam como a maior sensação do mundo dos PCs desde a placa aceleradora 3DFX, existia um canal no Mirc (na época não existia o MSN Messenger) que bombava entre os jovens emulequeiros e reunia a nata desse mundo: o #emuroms. Se você queria saber onde baixar a tal ROM, como se aplicar um patch de tradução ou aspirava traduzir games, aquele era o lugar certo pra dar seu primeiro passo. Mas o canal não é lembrado até hoje por esse motivo, mas por outro bem mais extravagante: nunca se viu tamanha concentração de retardados lammers num só lugar. Pérolas e mais pérolas eram declamadas todo santo dia sem nenhum pudor (como você pode ver aqui: http://www.reirom2001.hpg.com.br/mmm.htm). E foi nesse lugar, onde as coisas normais nem sempre acontecem, que uma lenda nasceu: REIROM.

LOL AMIGOS! =Dd

LOL AMIGOS! =Dd

O cara era simplesmente uma pândega. Dizia ter todas as roms já dumpadas pelo ser humano, queria porque queria ser OP do #emuroms (mas era retardado demais pra isso), só falava em Caps Lock ligado e era incapaz de escrever qualquer frase que fosse sem conter um erro de português.  Sem falar que o inglês dele era nível “LOL AMIGOS ME AM TWELVE SIX EARS OLD”. Por esses e outros (milhões) de motivos, o cara ficou famoso. Ou pelo menos famoso o suficiente pra ganhar uma série de jogos, feitos por um cara do canal cujo nick era RodrigoXShin.

Hoje eu tenho a ousadia o prazer de apresentar-lhes o mais memorável deles: Megaman VS. Reirom.

O Jogo

Cenário SUNTUOSO!

Cenário SUNTUOSO!

Nesta pérola em forma de software, você controla o NOBLÁRIO Megaman por fases de 30 segundos que desafiam a lógica e a razão, tamanha a psicodelia concentrada em cada estágio. O objetivo do nosso herói é dar conta da hercúlea tarefa de impedir que o terrível DR. REIROM consiga cumprir sua ambição mor: terminar a criação do EMUALLSYSTEMS, o emulador definitivo, capaz de emular todos os sistemas, “até Dreamcast”, como o próprio diz.

Depois de passar pela fase (o que não leva 10 segundos), Megaman enfrentará um subchefe: o sanguinário ROBÔ ESPANTALHO, um ciborgue com mal de Parkinson criado pelo intelecto infinito de Reirom para espantar crianças autistas e fazer bolo de laranja.

Contemple o TERROR TECNOLÓGICO!!

Contemple o TERROR TECNOLÓGICO!!

Como todo jogo do “blue bomber” que se preze, tens que enfrentar um certo numero de chefes, roubar suas armas e usá-las num inimigo específico, com o intuito de mandá-lo pra casa do caralho. Mas como é um jogo envolvendo o papamór da emulação, os chefes são todos peculiarmente extravagantes:

Vai Encarar ou vai correr?

Vai Encarar ou vai correr?

*He-man: O herói de Etérnia e ídolo de muitas crianças nos anos 80 foi capturado pelo Dr. Reirom e transformado num ser dependente em creme de milho. E ele fará tudo o que seu novo mestre mandar para consegui-lo.

-Arma conseguida: Espada giratória

*Anaconda: Reirom viajou até o coração do Brasil, na Amazônia, para capturar a lendária cobra devoradora de homens, com o objetivo de ensiná-la a traduzir roms e a falar “Nintendo”. Mas agora ele a usará para um fim bem menos nobre: destruir Megaman.

-Arma conseguida: Defeitos especiais

*Buda: Não se trata do deus dos Bundistas Budistas, e sim de seu grande amigo dos tempos de Mirc.

-Arma conseguida: Flores Mortais Budista (assim mesmo, no singular).

*Pikachu: Fã incondicional de Pokémon, Reirom usa de sua genialidade ATREVIDA e cria em laboratório seu monstro de bolso preferido, o Pikachu. Ele o usará para alcançar seus objetivos sórdidos.

-Arma conseguida: Choque de 10 volts

*Fermac: É o melhor amigo de Reirom. Tem o poder de invocar uma vaca gigante para esmagar seus inimigos.

-Arma conseguida: Vacas fermaquianas

*Panicoman: Grande astro da trilogia “Pânico”, ficou desempregado após o fim da franquia nos cinemas e passou a viver na rua, se alimentando de restos de comida e liberando o boró trabalhando duro em troca de pipoca doce. Reirom lhe deu uma segunda chance como membro de seu séquito, e ele o seguirá até a morte por isso.

Special Defects

You got: Special Defects

Após passar pelos chefes iniciais, Megaman segue até o covil do vilão. Mas antes de enfrentá-lo ele precisará passar pela sua guarda pessoal de guerreiros: as FORÇAS ESPECIAIS ZÉ DO PIRULITO, formada pelos lammers mais poderosos do universo!

TREMEI!!

TREMEI!!

Vencido esse épico desafio, é chegada a hora do confronto final com o papa da emulação, uma luta de proporções TITÂNICAS onde só um sobreviverá!

É chegada a hora do confronto final!

É chegada a hora do confronto final!

Jogando a bagaça

Cair num buraco e morrer é a coisa mais fácil do mundo, pois as plataformas estão localizadas nos lugares mais improváveis possíveis! Pior é que tu nem sabe quando morreu, pois tu volta a aparecer 1 segundo depois como se nada tivesse acontecido.

Alguém pode me dizer QUE PORRA É ESSA?!

Alguém pode me dizer QUE PORRA É ESSA?!

Megaman VS. Reirom é um jogo de extremos: hora é descabelantemente difícil, hora é fácil como bater uma pra Eva Angelina. Derrotar a anaconda, por exemplo: basta apertar o botão de tiro até o life dela acabar.

Já a luta contra o robô espantalho é os dois ao mesmo tempo: embora para matar o bicho seja preciso só apertar o botão de tiro e pular, é muito difícil fazer isso sem que seu cérebro derreta e saia pelo nariz com a musica de fundo que toca durante a luta: LORON. É uma midi de uma nota só, tocando ininterruptamente, com uma bateria dessincronizada ao fundo. Dizem que ela é usada como instrumento de tortura na China, e que foi proibida em vários países.

Veja por conta e risco:

Sons e musicas

Os sons são inexistentes.

As musicas são todas Midi, exceto pela musica de seleção de chefes do Megaman 2 do NES, que toca na tela de boss select. Em poucas palavras, são as PIORES versões Midi de musicas conhecidas que você pode imaginar! Dêem uma olhada na OST da afronta do jogo:

Musicas do mais alto GARBO fazem parte da trilha deste jogo.

Musicas do mais alto GARBO fazem parte da trilha deste jogo.

*Reirom Cruel Thesis: Composta por Reginaldo Rossi e interpretada por Max Cavalera

*LORON: Composta por João Gilberto e interpretada por Antônio Carlos Magalhães

*Sweet Song: Composta por RBD e interpretada por SPC

*When the dreams comes true, the nightmare starts and there is nothing you can do but scream and die, you´ll die mercilessy: Composta por Celine Dion e interpretada por Henrique Iglesias

Esse jogo é tão Tosco, tão mal feito, tão bizarro, tão… ei, é engraçado! Quer você conheça a lenda do PAPAMÓR da emulação ou não, vai rir muito com esse jogo. Os cenários psicodélicos, as Midis ATREVIDAS, os diálogos completamente nonsense dos chefes… tudo isso e outras coisas mais tornam esse jogo um clássico. Se quer fazer sucesso com seus amiguinhos e rir com um jogo tão ruim que é bom, recomendo esse pra você. Ele pode ser baixado aqui: http://grajau.free.fr/games.html

É isso. Até a próxima, bichafags! =Dd

Gráficos *—-
OST  **—
Jogabilidade *—-
Gameplay *—-
Diversão *****
Geral *—-

auau2

*BONUS STAGE!!

*Manual do jogo Megaman VS. Reirom

“Documentation of Megaman Vs. Reirom

This is documetation externa of Megaman Vs. Reirom! 2 idioms different
are disponible for you to read best!

Megaman Vs. Reirom bugs have are still on Megaman Vs. Reirom but we am
soonly to make patch to betterate game! We am working hard to consert
Resident Reirom too we is proud because the book are on the table

If you is bug founder are contact are us mIRC cause irc.brasnet.org
may am very cute pretty and funny at #Emuroms, #hideway, #anime-x,
#mangax and #evangelion cause you do doesnt know English very better
damn I do.

Then we am stop reading that cause me knews English are very good and
me am English Professional and is the best cause me am graduateaded by
Harvard English Skulls!”

GAMEFAPS #1 – Gamegirls for the win!

Aloooooo, nerds-babões de plantão!! Chegou a parte mais deliciosa do FTW. Aqui vocês verão um pouco de pele e talvez muito mais. Eu, Diego Batera, e o  Raphael Belmont, colaboraremos nesta seção, trazendo-lhes as gatas do mundo dos games, em poses sensuais, vulgares e até mais ousadas que costume!!

Começaremos logo de voadora com 2 pés na porta, Haggar-style, com a gata que já foi por considerada a mais sexy de todos os games por vários anos consecutivos. Não poderia ser outra senão ela: MAI SHIRANUI!

Got Milk? =]~~~

Got Milk?

Ficha Pessoal

-Série de Jogo: Fatal Fury, The King of Fighters e SNK vs.

-Nascimento: 1 de Janeiro

-Terra natal: Japão

-Peso: 48kg (mentira, só aqueles peit….)

-Altura: 1,65m (baixinha, mas é fogosa…)

-Tipo sangüíneo: B

-Estilo de luta: Ninjutsu estilo Shiranui

-Hobby: Cozinhar Osechi

-O que mais preza: Prendedor de cabelo que herdou de sua avó

-Comida preferida: Verduras (mentira, é p¨%$%$@##!)

-Odeia: Aranhas (Faz sentido ._.)

-Esporte de destaque: Tênis de peteca (badminton)

——————————————————————————

Você quis dizer: Tsunade quando era mais nova
Google sobre Mai Shiranui

Sai do banheiro, menino!
Sua mãe sobre Mai Shiranui

Quer aparecer na nova história que estou fazendo?
Jiraya sobre Mai Shiranui

Na União Soviética a Mai Shiranui é seduzida por VOCÊ!!
Reversal Russa sobre Mai Shiranui

Essa eu e o Ryu e todos do Street Fighter já comemos!
Ken sobre Mai Shiranui

Quem fizer sexo com ela vai morrer, mas vai morrer feliz.
Gaara sobre Mai Shiranui

Minha melhor aluna, ela é como uma filha para mim!
Tsunade sobre Mai Shiranui

Comi demais,e agora, tô fudido!
Guy por ter comido muito ela e ter pegado AIDS sobre Mai Shiranui

Tesão, gostosa, vô ti Lascá na cama!! Dattebayo!!
Uzumaki Naruto sobre Mai Shiranui

Créu-Créu-Créu-Créu-Créu-Créu-Créu-Créu (6x)!
Inuyasha sobre Mai Shiranui

Para de me copiar! Agora sei como o Asuma se sente…
Mc Créu sobre a afirmação acima

Já comi.
Crash Bandcoot sobre Mai Shiranui

Como é esse lance de comer, hein?
Andy Bogard, o único a não ter comido Mai Shiranui sobre Mai Shiranui

Fonte: Desciclopédia

Atentem para o harisen estrategicamente colocado.

Atentem para o harisen estrategicamente colocado.

Falando sério, agora.. *Cof cof*

Mai Shiranui foi treinada pelo próprio pai no estilo ninja. A cada ano que passava, a sua beleza se tornava aparente. Chamando a atenção de todos os alunos da academia do amigo do avô, Jubei Yamada, ela sempre os menosprezava, achando-os fracos. Mas, quando tinha 12 anos, chega nessa mesma acadêmia um menino louro norte-americano chamado Andy Bogard e, percebendo o potencial do menino, se apaixonou. A cada ano que passava, Andy desenvolvia o estilo Shiranui com maestria e ela se convence que ele é o homem ideal para o seu casamento. Ela passa a adolescência toda paquerando-o (Andy fdp e noob) e fazendo planos de casamento com ele.

No torneio The King of Fighters ’94, Andy recebe o convite para participar do torneio juntamente com o irmão. Ela pensa que seria a terceira integrante, mas ficou frustrada ao ver que Joe Higashi seria o terceiro membro do time. Ela chega a viajar para Southtown, para tentar convencer os rapazes de que seria uma boa combatente, mas o time já estava decidido. Assim, Mai acaba formando um time com King e Yuri, também deixadas de lado dos que seriam seus times originais. O grupo feminino sofreria diversas alterações nos anos seguintes.

E agora, chega de blá-blá-blá. Fiquem com alguns official e fanarts da gostosona do leque de fogo.

Leia mais deste post