WFT: Houston, wii have a problem!

AVISO ANTERIOR AO AVISO DE ANTEMÃO: O FTW possui 9 colunistas. As opiniões desse post só dizem respeito a mim e aos outros citados. Os colunistas restantes não compartilham necessariamente da mesma opinião.


AVISO DE ANTEMÃO: Wiistas de plantão, se vocês vierem defender o console amado de vocês nos comentários, vocês SERÃO xingados*. Isso já é fato consumado desde o princípio.

*Nota do Tsu: Xingados… parece um garoto da quinta série. Eu vou é destroçar. Arrancar uma perna, pendurar o maluco na parede e socar ele com a perna recém arrancada.

Vou começar contando um segredo pra vocês! Enquanto todos achavam que FTW significava For The Win, na verdade significa FUCK THE WII! (na verdade o Videl já tinha revelado isso algumas resenhas atrás, mas… foda-se)

Mas, mas, mas… porquê?!

É o que explicaremos nesse dossiê especial sobre esse “console” que “revolucionou” o mercado dos games!

1. O Console:

130px-wii_wiimoteaNome: Wii

Fabricante: Nintendo

Geração: sétima

Lançamento: Natal de 2006

Mídia: DVD

Controles: Wii Remote (Nunchuck), Classic Controller, Gamecube Controller

CPU: 729 MHz

GPU: 243 MHz

Memória: 24 MB “internal”, 64 MB “external”

Resolução: EDTV-capable (480i, 480p, 576i)

Para efeito de comparação:

130px-xbox360Xbox 360:

CPU: 3.2 GHz

GPU: 500 MHz

Memória: 512 MB

Resolução: HDTV-capable (480i, 480p, 576i, 576p, 720p, 1080i, 1080p)

130px-playstation3vectorsvgPlaystation 3:

CPU: 3.2 GHz (com sete microprocessadores de 3.2 GHz também)

GPU: 550 MHz

Memória: 256 MB + 256 MB

Resolução: HDTV-capable (480i, 480p, 576i, 576p, 720p, 1080i, 1080p)

150px-ngc_gamecubeGamecube:

CPU: 485 MHz

GPU: 162 MHz

Memória: 24 MB + 3 MB Video

Resolução: 480i, 576i, 480p

“Zelda: Twilight Princess é tão bom que o Link ainda é mudo. Acho que o Wii não agüenta pôr vozes e gráficos bons ao mesmo tempo.” – Jack T!

1.1. O Console, na prática:

Como podemos constatar com os dados acima, o Wii é muito inferior aos concorrentes Xbox 360 e Playstation 3. Entretanto, é bastante superior em relação ao seu antecessor, Gamecube.

Isso tudo, na teoria…

O que acontece na prática, é: a maioria dos jogos lançados para Wii são graficamente piores até do que os do próprio Gamecube.

Pior: alguns jogos têm gráficos que parecem até de Playstation 1!

“Ah mas gráficos não são tudo, o importante é a diverçaum!!1!ONZE!!111!!”

grafico_importa_a_111

Porém, o que a Nintendo alega é que a falta de hardware do Wii é compensada pelo seu “magnífico e revolucionário controle”!

Será?

“Não gostei do wii simplesmente por ser um videogame CENTRALIZADO no controle, e não nos jogos. Fora que pra você jogar você precisa de ESPAÇO, coisa que japonês não costuma ter em casa.  Eu mesmo quase quebrei minha mão (e lampada) ao tentar matar um chefe em Zelda. Se tivesse quebrado a cara da minha irmã por “acidente”, ai sim eu teria um motivo bom pra elogiar esse controle. Não entendo como esse videogame ainda não entrou em recessão junto com o resto do mundo.” – Videl

1.2. O Controle:

300px-wii_remote_imageO Wii Remote possui os botões (“Liga/Desliga”)Power, (-)esq., (-)dir., (|)cima, (|)baixo, (A), (B), (-)minus, (+)plus, (“casa”)Home, (1), (2). Em comparação com os concorrentes, e até com o antecessor Gamecube, possui poucos botões. O diferencial do Wii Remote é justamente é famigerado sensor de movimentos.

O Wii Remote possui um conjunto de acelerômetros que calculam a posição do controle através da conexão BlueTooth com o sensor de movimentos que fica colocado em cima do Televisor.

O Wii Remote também se conecta ao Nunchuck, uma extensão do controle que tem uma alavanca analógica e os botões (C) e (Z), além do sensor de movimentos também.

Na teoria, o jogador faz os movimentos na vida real e o personagem na tela os reproduz.


“Como assim pilhas??? como a merda de um controle vem à pilhas? Por que simplesmente não colocam baterias para que os controles fossem recarregados na tomada? Me lembro que tive que tirar todas as pilhas dos controles remotos das TVs aqui de casa só pra fazer esse controle TOSCO do Wii funcionar. Não custava fazer um controle RECARREGÁVEL? Já pensou se toda hora tivesse que comprar pilhas pro Nintendo DS também? Acertou em um console, errou no outro.”
– Videl

“Voltamos à era do Gameboy?” – Raphael Belmont

1.3. O Controle, na prática:

O que era pra ser revolucionário não funciona tão bem como deveria, o Wii Remote não é tão preciso como se imaginava.

Por isso, até hoje, nenhum jogo lançado reproduz o que o jogador faz.

O que acaba acontecendo, é que o jogador pode balançar o controle de qualquer jeito que o personagem vai fazer um movimento pré-determinado.

“Esse videogame nem precisa ter habilidade pra jogar, Basta ter PARKINSON. Michael J. Fox que o diga, só colocar o wii remote na mão dele que ele é campeão do wii tenis fácil.” – Videl

“Alguem já viu Naruto do Wii? Bleach? Star Wars? Em todos os muitos jogos você tem que literalmente PUNHETAR O CONTROLE pra realizar alguns golpes. Isso mesmo. Masturbar o controlador. E vem nintendista dizer que o Wii é divertido. Pode ser o caralho que for, mas videogame de macho é que não é.” – Raphael Belmont

“Se eu quisesse rebolar em frente à TV, eu botaria no canal da aeróbica ao inves de comprar o que chamam de videogame.” – Tsu

loldrums-1

Exemplos:

Wii Sports: No minigame de tenis, quanto mais forte o jogador sacasse, mais forte o boneco sacaria também. Na prática, a força do saque é definida pelo timming. Outro problema: a bola nem sempre vai pra direção que o jogador quer.

Zelda: Twilight Princess: Se esperava que o jogador pudesse usar o controle como se fosse uma espada. Na prática? Balance o controle pra direita e Link dará uma espadada pré-definida pra direita, balance o controle pra esquerda e Link dará uma espadada pré-definida pra esquerda. Na boa, qual a vantagem disso em relação aos controles convencionais?

A própria Nintendo já assumiu que o controle realmente não é tão revolucionário e anunciou o lançamento de mais um periférico: o Wii MotionPlus. Com esse periférico, a Nintendo diz que o Wii Remote fará movimentos 1:1, ou seja, aquela história de o personagem reproduzir os movimentos idênticos aos do jogador. Nesse meio tempo a diretoria do Corinthians também anunciou a construção do seu estádio.

200px-nintendo_wii_motionplus

“Wii Sports? Puta jogo BABACA! Nem imita os movimentos de acordo. Senão poderia ate falar que pê, a interatividade é foda e tal, mas nem isso ele faz.” – Tsu

1.4. Suporte Online:

Indispensável nessa atual geração, o suporte online do Wii é risível em comparação com a Live e a PSN.

Pra começar: para adicionar um amigo, tu não digita o nome dele ou nick, tu digita o FRIEND-CODE* um número FILHO DA PUTA DO TAMANHO DE UM CPF.

Achou ruim? Pois saiba que pra cada jogo que for jogar vai ter um *FRIEND-CODE* DIFERENTE!

Além disso, os servidores são ruins e dão lag constantemente.

reggie_i_dunno

Presidente da Nintendo of America quando perguntado sobre o porquê do tosco sistema de *FRIEND-CODES*

2. Os Jogos:

Desde o início, o Wii teve um apoio pífio das Third Parties. Até aí, nada de muito diferende dos antecessores Nintendo 64 e Gamecube, que a Nintendo sozinha levou nas costas.

Porém, o que os amantes da Nintendo dizem é que “console da Nintendo é pra quem gosta dos jogos da Nintendo (afinal, eles são os melhores do mundo porque são mágicows *-*)”.

O problema é que, ao contrário dos antecessores, o Wii recebe poucos bons jogos até da própria Nintendo.

Vamos então realizar uma difícil tarefa: elaborar uma lista com os jogos do Wii que fazem o console valer à pena.

Eis a lista:

Super Mario Galaxy: Jogo praticamente perfeito, usa muito bem o sensor de movimento.

Metroid Prime 3: Apesar de eu odiar Metroid, o jogo é bem feito e também usa bem o sensor de movimento.

Super Smash Bros Brawl: Praticamente igual ao do Gamecube, apenas com mais personagens e com a adição de especiais. A jogabilidade com o Wii Remote FEDE, preferível jogar com o controle de Gamecube.

Mario Kart Wii: Possivelmente o melhor Mario Kart de todos, porém… a jogabilidade com o Wii Remote FEDE, preferível jogar com o controle de Gamecube [2].

WarioWare: Smooth Moves: Só pelas risadas já vale a pena.

Wario Land: Shake It: Bom plataforma 2d, porém, muito fácil.

“Por mim a Nintendo podia morrer por ter feito essa merda. Não achei um jogo decente até agora pra isso. Só o Smash Bros que nem usa a merda do controle” – Videl

“Warioware? Simulador de mongolismo? Passo…” – Jack T!

Os Wiistas incluiriam nessa lista:

The Legend of Zelda: Twilight Princess: O mesmo jogo que eu joguei no Gamecube só que balançando o chocalho? WTF?!

Okami: O mesmo jogo que eu joguei no Playstation 2 só que balançando o chocalho? WTF?!

Resident Evil 4: O mesmo jogo que eu joguei no Gamecube/Playstation 2 só que balançando o chocalho? WTF?!

No More Heroes: GTAzinho de merda, até Saints Row é melhor =P

Wii Sports, Wii Fit, Wii Play, Wii Music: Isso nem são jogos ¬¬

A lista já é pequena, e o pior de tudo: jogos multiplataforma, ao ficam muito piores no Wii, como no caso de Call of Duty, Fifa e Need For Speed, ou sequer são lançados para o console, como no caso de GTA, Prince of Persia e Street Fighter.

Outro grande problema: qual foi a grande nova franquia que surgiu no Wii? Nos concorrentes nasceram Gears of War, Mass Effect, Assassin’s Creed, Uncharted, Little Big Planet, Mirror’s Edge, Bioshock e etc. E no Wii, NADA. Revolucionário, heim?

Conclusão: Quem tem o Wii desde o lançamento já tá com o videogame encostado a meses sem jogar nada que preste. Qualquer jogo anunciado que pareça não ser uma porcaria casual já cria uma espectativa enorme nesses jogadores e no fim das contas eles quase sempre se decepcionam.

costinha

"Se fudeu!" - Costinha para quem acabou de comprar um Wii

2.1. O controle nos jogos:

Quando o Wii foi anunciado, a galera pensou que o Wii seria perfeito para três coisas: Star Wars, Mario Tennis e FPS.

O que aconteceu:

Star Wars: Até agora foram lançados 2, Force Unleashed e Lightsaber Duels, que além de serem medianos pra baixo, não se pode controlar o sabre de luz da maneira que os fãs desejavam.

Mario Tennis: A Nintendo recentemente anunciou a linha Play On Wii, jogos de Gamecube requentados para serem jogados com o Wii Remote. Entre esses jogos está Mario Power Tennis, que alguns sites especializados já criticaram a jogabilidade com o Wii Remote. Ou seja, ao invés de jogar um Mario Tennis novinho usando o controle como se fosse uma raquete, vais jogar o do Gamecube com uma jogabilidade podre.

FPS: Metroid Prime 3 não usa a mira do Wii Remote como todos queriam, a mira é travada nos inimigos. Red Steel, o primeiro jogo a ser anunciado pro Wii, é uma porcaria. Jogos multi como Call of Duty e Medal of Honnor, são melhores nos consoles HD.

wii_purchased_expected_bought_v2

3. O Sucesso:

Até o dia 31 de dezembro de 2008, o Wii vendeu 44.96 milhões de unidades, enquanto que os concorrentes, Xbox 360 e Playstation 3, venderam respectivamente, até a mesma data, 28 e 21.3 milhões. O Wii ja é o 5º console de mesa mais vendido da história e 8º se considerarmos os portáteis.

Wii Sports já vendeu 40.5 milhões e já é o jogo mais vendido da história, superando até Super Mario Bros 1, isso se considerarmos os jogos que vêm junto com o console (chamados de bundled). Entre os jogos não-bundled, Wii Play já é o segundo com 20.91 milhões de unidades vendidas. Wii Fit é o 10º com 14.01 milhões.

“O que mais me irrita é nego achando que o videogame dele é melhor só porque vende mais. Grande merda se vende mais ou menos,cada um deveria se contentar em jogar aquilo que gosta e ponto final.” – Tsu

“Nintendista não joga jogos, joga VENDAS.” – Jack T!

3.1. O motivo do sucesso:

Essa parte do dossiê é única e exclusivamente a minha opinião. Se tu não concordas, então toma no cu.

A nintendo desde o começo sabia que o controle não funcionava como deveria. E seus fãs logo perceberiam. A solução? Atrair a galera que não consegue perceber isso: os famigerados CASUAIS. Ela vem lançando jogos simples, que qualquer um pode jogar e achar que realmente está “interagindo” com a TV. É por isso que ela abandonou o desenvolvimento de suas melhores franquias para se dedicar aos “Wii Shitz” da vida, já que são esses jogos que fazem o console vender.

“Gosto de jogos, não de passa-tempos. Passa-tempos eu compro na banca de revistas. Com certeza acho coisas mais divertidas em bancas de revistas do que na gameteca do Wii” – Jack T!

3.2. O legado:

Os Wiistas dizem: “Vocês tem inveja do Wii!!11! Só pq ele vende mais do q o console de vocês!!111! Vão jogar ao invés de ficar se preocupando com o Wii!!ONE!1!”

Pois é manezão, o problema é que com o sucesso do Wii, existe um grande risco de Microsoft e Sony seguirem pelo mesmo caminho na próxima geração. E aí, nós gamers de verdade, qua gostamos de games de verdade, tomamos no cu.

Não devemos nos preocupar?

“Wii não é videogame de machos alfa como nós, noblários resenhadores do FTW” – Rafael Belmont

ladir

"O Wii é MARA!"

Considerações finais:

O Wii é uma aborto da natureza. O pior console que a Nintendo já fez. Consegue ser pior até que o Virtual Boy, porque este pelo menos caiu no ostracismo. O Wii virou praga e tá fudendo com o mercado de games. E o pior de tudo é ainda ter que ver os Nintendistas defenderem o console amado com unhas e dentes tentado nos convencer, quando na verdade tão tentando enganar a eles mesmo, pois nem eles tão satisfeitos com essa bosta mal cagada.

E é por isso que o FTW inicia hoje a campanha “Wii, nem morto.”! Quem quiser colaborar pode copiar o logo da campanha no seu blog, fotolog, site, Orkut ou imprimir e colar na testa, foda-se, o importante é lutarmos para termos games de verdade para jogar no futuro!

wiinemmorto1

Anúncios